Mundo

Kim admite pela primeira vez diálogo com EUA

10 de abril de 2018

Donald Trump e Kim Jong-Un – Ahn Young-joon / AP

O líder norte-coreano, Kim Jong Un, admitiu publicamente, pela primeira vez, o “diálogo” com os Estados Unidos, informou nesta terça-feira a agência oficial de notícias KCNA.

Em reunião com funcionários do partido na segunda-feira, Kim apresentou um relatório “sobre o desenvolvimento dos últimos acontecimentos na península da Coreia” incluindo a cúpula com a Coreia do Sul prevista para este mês, revelou a agência de notícias norte-coreana.

Kim “realizou uma análise profunda e uma avaliação do desenvolvimento das relações entre o Norte e o Sul atualmente, e das perspectivas de um diálogo entre a RPDC e os Estados Unidos”, informou a agência, utilizando o acrônimo oficial para designar a Coreia do Norte.

Como parte do inédito processo de diálogo entre Norte e Sul, Kim prevê se reunir com o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, no dia 27 de abril.

Trump declarou “ter a esperança de que será uma relação muito diferente da que ocorreu durante muitos, muitos anos”.

As declarações de Kim não fazem referência expressa ao encontro com Trump.

OGlobo