Política

Após troca de farpas entre Carlos Bolsonaro e Julian, Eduardo Bolsonaro vai ao twitter e desautoriza articulação de deputados recém eleitos no Congresso

06 de dezembro de 2018

Após troca de farpas entre o deputado federal eleito da Paraíba Julian Lemos (PSL) e o filho do presidente eleito Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (PSL), com direito a réplica e tréplica nas redes sociais, foi a vez do deputado federal por São Paulo Eduardo Bolsonaro colocar mais lenha na fogueira ao desautorizar qualquer articulação política no Congresso Nacional dos parlamentares recém eleitos pela legenda.

Por meio do seu twitter, Eduardo Bolsonaro, também filho do presidente eleito, disse que “apenas os deputados que estão exercendo mandato tem autonomia para fazer articulações no Congresso. Agradecemos o apoio e compreensão dos deputados eleitos do PSL”.

Pelo tom, parece que Eduardo quis mandar um recado, embora não tenha sido tão claro quanto seu irmão Carlos, que mirou e atingiu o paraibano Julian Lemos, eleito nas últimas eleições para Câmara Federal pelo partido de ambos e do pai, o PSL.