Política

Curtinha: Organização Social que vai devolver quase R$ 3 milhões por irregularidades foi contratada por Ricardo para administrar Hospital Metropolitano em Santa Rita

06 de dezembro de 2018

O  Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (IPCEP), cujos dirigentes acabam de ser condenados a restituir aos cofres públicos mais de R$ 2,8 milhões em virtude de diversas irregularidades, como pagamento indevido de empresas, plantões médicos, passagens aéreas, e locação de equipamentos hospitalares com despesas não comprovadas, conforme decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), é a mesma ‘Organização Social’  contratada pelo Governo do Estado para gerenciar o Hospital Metropolitano de Santa Rita, inaugurado recentemente.

O contrato firmado entre Governo do Estado e IPCEP para gerir o Hospital Metropolitano de Santa Rita está orçado em R$ 34 milhões, só para investimentos, e R$ 99,79 milhões para custeio da unidade de saúde.

O governador Ricardo Coutinho, responsável por importar o ‘modelo’ de Organizações Sociais para administrar hospitais na Paraíba, ainda não se pronunciou sobre a constatação das irregularidades apontadas pelo TCE.