Política

Vereadores de Patos protocolam pedidos de CPIs para investigar gestões de Nabor e Chica Motta

13 de junho de 2018

Os vereadores do município de Patos, Sertão da Paraíba, protocolaram, essa semana, duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI) para investigar supostas irregularidades nas gestões do MDB na cidade.

O alvo são as administrações do ex-prefeito e atual deputado estatual, Nabor Wanderley (PRB), e ainda da ex-prefeita Chica Motta (MDB), pai e avó, respectivamente, do deputado federal Hugo Motta (PRB).

Uma das CPI quer investigar a construção da UPA do Jatobá, onde teriam sido supostamente desviados recursos e a conclusão da obra não foi realizada.  A atual gestão já entrou com uma ação de improbidade para investigar o caso.

Já a segunda CPI se refere a convênio com a FUNASA.

As gestões do MDB teriam desviado meio milhão de reais da contas da instituição, mas,segundo os vereadores, o objeto, acabou não sendo executado em sua totalidade. O suposto desvio teria sido detectado após uma auditoria nas contas.

Como se trata de verba federal, da Funasa, o caso também já estaria sendo analisado pela Polícia Federal.

A suposta irregularidade no convênio com a Funasa teria começado em 2008, na gestão de Nabor e perpetuado na gestão de Chica Motta, sua sucessora.

O Portal deixa o espaço aberto para os citados na matéria se manifestarem.

As informações são do blog do Ninja